sexta-feira, 22 de abril de 2016

Involução moral

Boa tarde.
Fiquei muito tempo sem postar por aqui. Talvez não mais o fizesse, não fosse a tristeza que sinto em relação a situação moral atual em meu país, o Brasil.
Esse vídeo jornalístico nos situa um pouco, embora pela visão outsider, mas sobretudo por isso mais imparcial.
Não venho aqui fazer apologia a partido político. Venho sim deflagrar a atrocidade plutocrata excludente nesse país dominado pela minoria abastada.

O livro acima, que leio atualmente, nos situa de forma contundente nos porquês desse episódio golpista.



Abaixo segue o link do video jornalístico, fonte Youtube

O golpe pela visão estrangeira
 https://www.youtube.com/watch?v=V0z_kbn08ts&feature=youtu.be

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O Fantástico Sr. Raposo


Venho trazendo aqui minha opinião pessoal sobre esta obra cinematográfica de 2009.
Animação brilhante, com conteúdo vastíssimo sobre relações humanas, vivenciadas por animais!
Isso mesmo! Nessa fábula iremos presenciar o quanto o ser humano pode ser inseguro, e por que não recalcado!
Wes Anderson é sensacional, meu cineasta preferido. Profundo com leveza; despretensioso com qualidade.


Sinopse:

Boque cria galinhas, Bunco cria patos e gansos, enquanto Bino cria perus e planta maçãs. Para alimentar sua família, toda noite Sr. Raposo rouba dos três homens – mas eles decidem revidar. De um lado, então, ficam os
caçadores com suas escavadeiras; do outro, Sr. Raposo e seus aliados, cavando túneis para escapar.


Um filme de animação stop-motion inspirado nas histórias originais de Roald Dahl.


segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Il buono, il brutto, il cattivo (" The Good, the Bad and The Ugly ")


É com imenso prazer que venho emitir minha singela opinião sobre o que, pra mim representa uma perfeição em roteiro cinematográfico.
Representante maior do gênero "Spaghetti Western".
Filme que deve ser visto, até para ser criticado.
Tenho que deixar a modéstia de lado e confessar que o vi também no cinema! Isso mesmo, no cinema!
Foi em um festival deste gênero ocorrido aqui no Rio em Setembro de 2010.

Sinopse: Em plena Guerra Civil Americana, três homens, Tuco, Blondie e Angel Eyes, buscam um tesouro enterrado em um cemitério, mas cada um deles apenas tem conhecimento de uma parte do mapa, em suas cabeças, e um depende do outro para chegar ao tesouro. Para isso, não há limites para trapaças e tentativas de um sobrepujar o outro em seu intento. Clint Eastwood, apresenta a figura do requintado, chamado pelo Feio por loirinho, fica com a figura, na versão brasileira de o Bom. Eli Wallach, faz o papel de canastrão, nada requintado e bem mal educado, Tuco, fica com a alcunha de o Feio. Lee Van Cleef, o Mau, é mau em todos os sentidos. E o filme, até para o estilo moderno, não poupa violência, mas tem um toque de humor ácido.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Boardwalk Empire


Trago aqui minha série "xodó" do momento; fico impressionado com a capacidade do Scorsese em dirigir...
Não sei se é porque se trata de meu diretor preferido, ou porque ele é o "cara" mesmo?
Me ajudem a descobrir.

Boardwalk Empire, série de drama sobre Atlantic City criada por Martin Scorsese e Terence Winter.

Sinopse: Adaptada por Terence Winter com base no livro “Boardwalk Empire: The Birth, High Times e Corruption of Atlantic City”, de Nelson Johnson, um advogado e agora juíz, a série é situada na década de 20, durante a Lei Seca. Centrada na figura de Enoch Johnson (Steve Busceni), mais conhecido pelo apelido de Nucky, a trama narra o surgimento dos cassinos e a luta entre gângsters e políticos. Nucky é o chefe do submundo local, aspirante à político, que usa seu poder para extorquir figuras públicas, abusar da lei e fortalecer o crime organizado.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

O Tesouro de Sierra Madre




Trago aqui essa homenagem ao quanto um ser humano pode ser obcecado em se dar bem.
De quebra vemos Bogart, que é pra mim uma referência se tratando de atuações convincentes, um monstro eternizado.

Sinopse: O Tesouro de Sierra Madre (The Treasure of the Sierra Madre, 1948, 126 min.), com roteiro e direção de John Huston (únicas duas estatuetas que o cineasta levou de suas 13 indicações ao longo da carreira), é considerado um dos maiores clássicos do cinema norte-americano. A aventura da busca pelo tesouro, em primeiro plano, na verdade é apenas um cenário para o desenvolvimento dos conflitos dos personagens.

O filme - inicialmente sobre camaradagem - envolve discussão de valores morais entre dois homens, com um terceiro tendo de tomar partido. O humor ácido predomina.

A paisagem é o árido oeste americano, castigado pelo sol. Três aventureiros em busca do ouro dividem-na com bandidos e índios. Humphrey Bogart (Casablanca, vencedor do Oscar® por The African Queen) interpreta Fred C. Dobbs. Em 1925, em Tampico, ele conhece outro explorador, Bob Curtin (Tim Holt, de My Darling Clementine).

Ambos são enganados pelo desonesto McCormick, que lhes paga metade do salário combinado. Mas eles o encurralam num bar e o surram selvagemente.

Em seguida são aconselhados pelo veterano Howard (Walter Huston, pai do diretor, que também levou o Oscar® de Ator Coadjuvante), a quem ouviram falando de ouro, sobre como é fácil encontrar o precioso metal e como é difícil mantê-lo e continuar vivo, e partem para o coração das montanhas identificadas no título.

A camaradagem inicial muda de tom tão logo os exploradores encontram o ouro: Dobbs mostra-se avarento, e logo todos estão escondendo seus tesouros particulares uns dos outros.

Como Howard já passou por isso antes - e sabe o que o ouro faz às almas dos homens - ele assume o papel de pacificador, concordando sempre que possível com as idéias paranóicas de Dobbs.


segunda-feira, 28 de junho de 2010

They Shoot Horses, Don't They?


Brilhante filme de Sidney Pollack, com roteiro adaptado de um romance homônimo de Horace MacCoy.
Profundo, nos levando a sofrer com atuações viscerais.
Oscar de melhor ator coadjuvante para Gig Young em 1970; outras 4 indicações.

SINOPSE:Durante a Grande Depressão, nos anos 30 nos Estados Unidos da América, uma imensa maioria da população carecia de uma vida digna, sofrendo com o desemprego. Foi nessa época que, entre outras oportunidades inusitadas, apareceram os concursos de dança, que testavam ao extremo a resistência dos competidores em troca de comida, roupas e alguns míseros trocados.

( Título em português: A noite dos desesperados )

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Up


Trago aqui esta belíssima animação, vencedora do Oscar 2010.
Mais do que isso, é uma obra de sensibilidade que fala sobre companherismo e superação em relações humanas.
Belo.


UP



(Qualquer dúvida em lidar com torrents é só mandar por comentários nesta postagem)

segunda-feira, 10 de maio de 2010

George duke / Don't Let Go


1º disco, lançado em 1978, dessa lenda do soul!


Gostou?
Então faz um comentário!!!